domingo, 9 de maio de 2010

MÃE


A minha mãe é uma mala. Quando eu chego em casa ela pergunta: o que foi? O que aconteceu? Thaís, o que que foi? Aconteceu alguma coisa?
Ela pergunta a mesma coisa umas 7 vezes só mudando a ordem das palavras ou as palavras em si. Ela pede a mesma coisa mil vezes: Esquenta o arroz pra mim? Vc esquentou o arroz? Ih! O arroz, esquentou?
Ela fala a mesma coisa várias vezes: Você não tomou seu remédio. Seu remédio tá aqui, vc ainda não tomou. Thaíííís ( me chamando lá de longe) , tomou seu reméééédio?
Caracóles! Quando Deus tava distribuindo chatice ela deve ter entrado na fila umas 5 vezes.
Em compensação, ela é a primeira a perceber quando estou mal. É a primeira a ver na minha cara que alguma coisa está errada, é a primeira a sentir que estou triste.
Ela é a primeira a torcer por mim, a primeira a me elogiar, a primeira a me apoiar.
A gente já trabalhou juntas e brigávamos pra cacete. Em compensação a gente ria muito juntas, a gente sacaneava todo mundo juntas e tínhamos crises de riso juntas.
Um vez fomos fazer uma feira em SP e lá na diretoria estava tendo um prosecuzinho de lançamento da feira. Largamos o stand sozinho e fomos lá beber. Prosecuzinho vai, prosecuzinho vem e a gente já tava trocando as bolas. Bêbas.
Resolvemos que era hora de voltar, demos tchau pra uns amigos que tínhamos acabado de fazer e primeiro eu: tropecei num carpete escroto no meio do caminho e saí catando cavaco até a porta de saída. Quando olho tá minha mãe dando tchau olhando pra trás e andando em direção a uma mesinha. Não deu outra, deu um encontrão na mesinha, saiu catando cavaco até a porta de saída.
Nunca rimos tanto.
Minha mãe é aquela mãe admirada por todas as minhas amigas, é animada, vai pra pista dançar. Num aniversário que fiz aqui em casa à fantasia, ela veio de rapunzel. Dançou com meu professor da academia, dançou, ,até que ele resolveu rodar com ela na pista. Óbvio que a rapunza se esborrachou no chão no meio daquela saia longa e das tranças.
Em outro aniversário à fantasia veio de sininho. Em todas as fotos ela tá dançando imitando uma bailarina. Colocaram alguma coisa na bebida dela.
Minha mãe já se reinventou mil vezes. Já foi dona de casa, já foi empresária, já foi doceira, já foi artista e hoje é escritora. Sem deixar de ser tudo que a fez ser quem é hoje.
Minha mãe é assim. Uma mala, uma palhaça, uma amiga, uma bailarina, uma sininho, uma intuitiva. Uma pessoa que está sempre preocupada com a minha felicidade, uma pessoa que se redescobre a cada dia através das palavras que ela mesma escreve, uma pessoa que achava que não tinha amigos e que tem o mundo ao seu redor, uma pessoa linda que eu agradeço por ter ao meu lado.
Mãe, feliz dia seu.
Te amo.
bjs

10 comentários:

Grasiela - Adoro Lilás disse...

Thaís, essa imagem da girafa é muito fofa eu tenho no meu note...

mas falando em mãe e filhos, nós seremos eternas crianças pra nossas mães....

beijo

Grasi

Glorinha L de Lion disse...

Filha, vc sabe que tô aqui chorando, né? Mas puxa, precisava dizer pra todo mundo que eu sou mala???? Agora a internet inteira vai saber que sou chata...logo isso que eu escondia tão bem....hehe..
Mas são vcs que me tornaram a pessoa que sou hoje...se melhorei como ser humano, se achei meu círculo do bem...vcs me deram força, me ajudaram a caminhar...
O que fiz e faço por vc e seu irmão é por puro amor...pois como sempre digo, amor maior não existe...nem por marido, nem o meu por minha mãe...amor de mãe por filhos é o que há de imensurável nessa vida...e é por vcs que procuro dar o meu melhor...e sei quando passam por maus momentos, por tristezas, problemas, sofrimentos...amor demais dá nisso...além de chatas, viramos adivinhas...pequenas bruxinhas do bem...e eu, a feiticeira mór da casa, te lanço um feitiço: você será feliz, realizada e amada...por todos os dias da tua vida.
Palavra de mãe!
Beijos filha querida...te amo demais.

Tati Pastorello disse...

Taís, que coisa linda! Me emocionei e também dei gargalhadas aqui, imaginando as duas catando cavaco na Feira, após os prossecos... kkkk

Torna-se ainda mais tocante por ser sua mãe a Glorinha, que tanto gosto e admiro.

Que o dia de vocês tenha sido completo e feliz! Beijos.

Beth/Lilás disse...

Thaís,
Menina, dei altas gargalhadas aqui lendo teu post.
Post que, escondido atrás das palavras que denunciam a 'mãe-mala',
diz todo o seu amor por esta querida amiga e mãe que tens.
A Glorinha é mesmo apaixonada por você e seu irmão, todo dia ela me diz isso (já nem mais aguento esta mala). kkkkkkkkkkkkk
Espero que hoje você tenha dado muitos bejinhos em sua mala ... ooops, quer dizer, mãe.

beijinhos cariocas

Vivi disse...

Thaisinha!!!!!!
Me arrepiei ... me emocionei....e ri gostoso com seu lindo post!!!!
Fico imaginando a cena e fico rindo aqui!!!!
Que doces palavras !!!!
Glorinha com certeza chorou ao ler hein!!!!
imagino!!!!
Que filha linda que vc é!!!! e tenha sempre essa certeza.... de que em qualquer lugar do mundo!!! seu porto seguro SEMPREserá sua MÃE!!!
com carinho
bjs

Vivi disse...

rsrsrsrs
agoro q vi q Glorinha chorou mesmo!!!!
pudera!!!!!
bjs

andrea disse...

kkkkkkkkkkkkkkadoroooooooooooo!ler o seu blog é uma terapia.poxa me identifico total com sua mae. ela é virginiana?pois faço a mesma coisa com meus filhos e eles dizem o mesmo q vc, agora ate chateio vc tb mas sabes que és a minha fornecedora mais querida!ser mãe é isso rir e chorar junto das crias jusssssssssss!

Gi disse...

Tia Gloria é 10!!!!!

Renata disse...

Ei Thais..finalmente passei por aqui..muita correria..quando vamos ver as roupitchas de novo?Agora ja inclui o blog nos favoritos e sempre vou dar uma passadinha por aqui..beijos

Ângela disse...

Thais, primeiro conheci umpouquinho de sua mãe, no blog dela esta recomendado para virmos aqui conhecer você, então, aqui estou. adorei e vou ficar. Vou te dizer uma coisa que digo aqui em casa "se a mãe não for chata, nada tem graça", a gente se preocupa mesmo, a gente fala muito mesmo, enche o saco até casar, mas tenha certeza que o amor que ela tem por você é imenso, estou falando isso pq. tenho duas assim como vc. aqui em casa comigo e morro por elas. Adorei seu blo, quando quiser vai lá conhecer esta chata aqui.
beijokas Thaís. vc. é muito simpática.